17.8.06

O mesmo Horário Eleitoral de sempre...




Estes dias busquei um certo tempo no meio dos meus afazeres para ver o HORÁRIO ELEITORAL GRATUITO. É, com a idade o nosso senso cívico vai aumentado, sei que não devia ser assim, era pra se aprender que política é essencial desde criancinha, mais infelizmente não é isso que ocorre aqui. Quanto mais longe você esta da política, melhor para os sanguessugas e mensaleiros.
Porem, tirando algumas bizarrices (promessa de salário mínimo de R$1.900,00, deputado estadual falando de expansão de rodovia federal, e muitas outras) , não vi nada de interessante, nenhuma promessa que me empolgou e confesso que no estado em que estou (completamente descrente com relação aos políticos que estão no poder) não precisaria muito. Por isso bolei umas propostas que me fariam acreditar novamente,você deve ta pensando: “coitado”, mais ta ai:

- Fim imunidade (ou seria impunidade?) parlamentar;
- Um projeto de lei que faça com que, mesmo que o congressista renuncie, possa perder seus direitos políticos, caso seja comprovado seu envolvimento em algum ato ilícito. Fazendo, com isso, que o corrupto não possa se eleger novamente por um determinado período de tempo (grande de preferência);
- Uma redução do números de parlamentares;
- Projeto de reforma na lei penal vigente;
- Projeto para vincular (proporcionalmente) o valor do salário dos membros dos três poderes ao valor do salário mínimo (acho que aí o salário mínimo ia crescer, vocês não acham?);
- Todo governista ser formado em administração (cargos do poder executivo) e direito (poder legislativo) obrigatoriamente em uma faculdade conceituada pelo MEC.
- Projeto de povoamento do Brasil, dando incentivos para as áreas menos povoadas, para que estas atraiam de volta os que delas saíram. Ocasionando uma descentralização populacional nas grandes cidades.



Com tudo isso some: Educação, saúde, moradia, emprego, e tantas outras necessidades básicas do ser humano. Se fizer isso é ponto na certa. Mas não custa lembrar, é pra fazer e não pra ficar só no papo.

Nenhum comentário: